Toshiba, a principal fabricante e defensora do padrão HD-DVD suspendeu a produção de equipamentos esta semana, dando lugar a seguidoras da Sony e seu sistema de discos óticos Blu-ray. A decisão da Toshiba fez suas ações subirem devido a decisão correta em não insistir e causar prejuízos futuros.
           Evidente que a decisão do mercado não ficou somente preso a questão tecnológica pois ambos tem suas vantagens e desvantagens, mas a entrada da Warner adotando o Blu-Ray foi decisão de pêso também.
          Acreditei que realmente o Blu-ray iria se sobresair em algum momento devido a sua capacidade de espaço maior, 25 GB no disco de face simples e 50 GB no duplo. Tamanho de mídia é um dos requisitos que com certeza sempre existirá, cada vez mais necessidade de espaço para armazenar arquivos cada vez maiores.