Category: High Definition


Início do evento - Panoramica

.           Eventos, filmes, comerciais realizados com a IP Digitais tem o opcional de veicular online, parte ou o todo deles. É uma vantagem e tanto quando se realiza eventos de interesse público e de grande relevância como as palestras que tiveram como tema “Mulher:  Sociedade e Politica”, realizados no IFRN central, comemorando o dia internacional da mulher.

.           A soma de espectadores online, em poucos dias de publicados, já superaram em mais de 15 vezes os presentes no evento.

.     Com o tema “Mulher: Sociedade e Política” discorreram sobre as polêmicas da atualidade, conflitos, violência, poder, moda, sociedade, homossexualismo entre outras, a prof. Dra Berenice Bento da UFRN e a psicóloga e especialista em psicologia clínica, Cristina Hahn.

.      Ao encerrar o ciclo de palestras, aconteceram o Show de Khrystal e Coquetel, a cantora colocou seu ponto de vista sobre a diferenciação de homem e mulher em rápida entrevista para a internet.

Mulher: Sociedade e Política com Dra. Cristina Hanh
http://www.youtube.com/watch?v=osSTatot5Jo

Mulher: Sociedade e Política com Dra. Berenice Bento
http://www.youtube.com/watch?v=PFWslo-fxoY

Khrystal – show comemora Dia Internacional da Mulher no IFRN
http://www.youtube.com/watch?v=lBxd830x4q8

Outros vídeos educativos e motivacionais:
http://www.youtube.com/playlist?list=PLD44AA5E1C182ACCA&feature=plcp

Realização Sinasefe Natal

Produção HD, áudio, pós-produção e veiculação online FullHD IP Digitais

Alguns videos que alcançaram menções honrosas no Youtube

              Menções Honrosas são indicativos estatísticos de visitação, avaliação e adições a favoritos no Youtube entre os 100 melhores subdividido em categorias (do dia, da semana, do mês, do ano, de todos os tempos, local ou global…).

É um indicador difícil de obter dada a movimentação de vídeos diversos entrando numa escala atual de 48hs/min.

É um conjunto de fatores ligados desde a linguagem, passando pela tecnológica aos procedimentos de marketing online.

O Youtube combate duramente as tentativas de fraude e não aceitam que uma pessoa avalie mais de uma vez, por exemplo.  Através do IP o sistema detecta tentativas de aumentar a audiência, e confirmado, há probabilidade do vídeo e até o canal ser extinto.

.      As posições mudam freneticamente até novos vídeos (48hs/min) irem tomando a audiência (ou não).

.      Não se consegue menção honrosa, ela é uma conquista pois os espectadores não tem compromisso nenhum com o autor e sim com seu gosto e motivações pessoais para se manter indiferente ou reagir pra comentar, avaliar, favoritar etc.  Estamos falando de um universo de mais de 3 Bilhões de vídeos concorrendo em audiência com o seu diáriamente.

Não é tão fácil prever que determinado vídeo alcançará destaque o suficiente para disparar a indicação mas nota-se que dificilmente um vídeo feito pra TV alcança menção honrosa, basta navegar nos inúmeros programas e comerciais de TV, especialmente os locais, para notar que em boa parte não obtém nem 100 visualizações no mês além de não terem nenhuma reação como avaliação, comentário ou adição a favoritos. As exceções estão, claro, em vídeos copiados vindos de mídias que já tem um longo histórico de grande audiência (novelas, filmes de grandes produções, cantores(as) e grupos de grande sucesso etc).

Quando fenômenos acontecem, como foi o caso do VT da Nissan “Pôneis Malditos” logo viram objeto de palestras, seminários, teses, teorias, polêmicas e sobretudo quantos visualizações alcançaram no Youtube.

Considerando produções profissionais, o Youtube e demais portais de compartilhamento de vídeos (Vimeo, Videolog, VideoYahoo, Revver, blipTV, Dailymotion etc) não dispõe de ferramentas para detectar o que mais as pessoas gostaram no vídeo, se das imagens, do texto e mensagem, do roteiro, da edição, da pós-produção, emfim, também é muito vago dizer que gostaram “do contexto em geral”.

.        O inverso também é verdadeiro, ou seja, quando alguém se motiva a clicar “Não gostei” não se sabe do que exatamente não gostou. Em um vídeoclipe as imagens podem ser belíssimas, a qualidade sonora, mas de repente não gostaram da letra, ou qualquer outro motivo. Há muitos casos de cantores(as) internacionais com alguns clipes  com mais avaliações negativas que positivas. Então, de certa forma, o tamanho da produtora cinematográfica, as tecnologias usadas, lentes, figurinos e toda pompa não garantem boas avaliações.

.     Não há mecanismos conhecidos para rastrear quem positivou (“gostei”) ou negativou seu vídeo (“não gostei”). Antes de 2010 o método era com 5 estrelinhas, quanto mais acesas melhor estava avaliado, era melhor pois assim níveis de avaliações permitiam uma média mais suave pra análise. Hoje só 3 condições existem indiferente (não clica em nada), gostei e não gostei. Portanto mantenha os invejosos e inimigos longe de seus vídeos rsrsrsrsrsrs.

Por isso produzir um audiovisual para internet profissionalmente está muito, mas muito além do ditado “uma câmera na mão e uma idéia na cabeça”.

Alguns destaques ocorrem sem grandes pretenções caso desse teste de vídeo HD em 2006 sobre aeromodelismo com apoio do clube UNA em Natal com quase 85.500 visualizações até esta edição.

HDV – High Definition demo-aeromodelismo( aeromodelling )UNA

http://www.youtube.com/watch?v=S9y_ddL6-_k

Mais raro que ter um vídeo com menção honrosa é ter o canal indicado. No histórico de meu canal apenas uma vez foi alcançado, pode-se dizer, esta honraria, foi em dezembro de 2008.

Recente vídeo postado de uma pousada em Natal alcançou não uma, mas 8 menções honrosas. Com diversos vídeos postados, cliente perguntou como se conseguiram essas menções honrosas, respondi que não se consegue,  se conquista, trata-se de todo um conjunto de conhecimentos unidos para aumentar estas chances.  Parabéns a equipe de produção e marketing.

8 Menções Honrosas Ponta Negra

A 30 dias de postado, este mesmo vídeo permaneceu ainda com 3 Menções Honrosas, não entre os 100 mas entre os 50 nas categorias favoritados e comentados. Para permanecer com esta indicação após os 30 dias ele teria de estar entre os 100 melhores do ano e nesse caso a concorrência é com vídeos de altíssima audiência associados a outras mídias de alto poder de disseminação em massa como TVs nacionais ou envolvido em grandes polêmicas, virais etc .

Entre os 100 melhores do Youtube durante um mês

Assistir: www.youtube.com/watch?v=uB0dnjVJACk

Algumas das menções honrosas conquistadas e registradas podem ser conferidas no álbum do Flickr:

Menções Honrosas – Youtube

 http://www.flickr.com/photos/italovalerio/sets/72157627579488740/

Italo Valerio

Twitter: @italovalerio

Conheça as palestras e cursos relativos a produção audiovisual e videos online.

        Especialmente formatado para emissoras, equipes de TVs a Cabo, o curso Câmeras e Mídias – Da Captação à Exibição (20hs) foi realizado na cidade de Mossoró/RN, região com larga expansão econômica e social e com alta demanda por produções locais.

       A rapidez e a rotina pesada as vezes acumulam alguns descompassos da equipe que deriva de diversos segmentos do áudiovisual, muitos autodidatas devido a ausência de treinamentos específicos, de formação com conteúdo focado e devidamente sequenciado didaticamente, situação esta que, praticamente, a internet, com suas informações extremamente fragmentadas impossibilitam um melhor aprendizado.

          As empresas modernas investem na capacitação de seus colaboradores. De nada adiantaria super estruturas sem o capital humano para otimizar o desempenho delas em atender o público. Em se tratando de novas tecnologias, onde todo mundo começa do zero independente da larga experiência passada, a reciclagem e adaptação para os novos paradigmas está sempre presente.

             Todo conteúdo foi adotado considerando todos os processos de produção, desde a idéia, pesquisa a montagem do roteiro, planejamento, produção, muitos detalhes técnicos dos equipamentos de captação como os formatos digitais, técnicas de movimentos e enquadramentos, edição básica e edição avançada até a finalização, cuidados na exportação de arquivos para exibição, os padrões técnicos para exibição em HDTV, segmentação, interatividade e as exigências futuras de novos profissionais.

            O assunto foi muito amplo sendo que cada etapa merece aprofundamentos, criação, roteiro, captação, edição e pós-produção.

            Mesmo sem aprofundar cada etapa, durante todo o evento houve um grande congraçamento de toda a equipe que revelaram suas dificuldades, suas experiências individuais e coletivas, momentos de comunhão de todos que, as vezes, a rotina acelerada não permite.

           Os operadores de câmera deixaram de “mecher” na câmera para de fato operá-la pois conheceram seu funcionamento, suas particularidades e limites de cada tecnologia.

Slideshow de alguns momentos: http://www.flickr.com/photos/italovalerio/sets/72157626227863854/show/

Twitter: www.twitter.com/italovalerio

 

Placa em homenagem a Cassiano de Carvalho Neto

Placa em homenagem a Cassiano de Carvalho Neto

Manhã de 12-11-2010, Praia Mar Hotel durante a 3ª CIENPO, Feira Potiguar de Ciências.

Homenagem da Secretaria de Estado da Educação e Cultura, SEEC ao professor, doutor Cassiano de Carvalho Neto aos relevantes serviços prestados a educação no Brasil, em especial a realização do projeto Física Vivencial – Uma Aventura do Conhecimento.

Por sua vez, o IGGE prestou homenagens e reconhecimentos aos parceiros e colaboradores do projeto da cidade de Natal-RN.

Entre os homenageados pelo IGGE está a Deputada Federal Fátima Bezerra pelo estado do Rio Grande do Norte, Mestre Jerônimo Freire, Diretor de Produção Áudiovisual e de Software Italo Valerio e Doutora Maria Taís de Melo.

Homenagem do IGGE ao Prof. Jerônimo Freire

Homenagem do IGGE ao Prof. Jerônimo Freire

Reconhecimento pelos serviços prestados

Reconhecimento pelos serviços prestados

3 anos de um projeto educacional hipermídia jamais realizado por um governo federal. De programas de rádio e TV a simuladores e ambientes multimídia, tudo acessível e de graça.

.

.

.

Apresentação Experimentos Educacionais 3ª CIENPO

Apresentação Experimentos Educacionais 3ª CIENPO

Todo o conjunto de produtos acompanha o Guia do Professor que poderá usar sua criatividade plenamente, dá dicas importantes de como proceder em salas só com TV, com projetor, em laboratórios de informática etc. O professor poderá usar todo o conjunto ou em parte, a exemplo dos slides prontos que acompanha.

.

.

Platéia 3ª CIENPO 12/11/2010

Platéia 3ª CIENPO 12/11/2010Mesa Redonda Tranformando informação em Conhecimento 12/11/2010-3ª CIENPO

Para o aluno, várias formas diferentes para conferir as experiências, desde as experiências reais até as virtuais onde o aluno modifica dados e confere o resultado. Videos widescreen com o contexto, desafios que o aluno buscará resolver e a produção de conhecimento que irá conferir se fez certo. Poderá aprofundar seus conhecimentos no documento “Referencial Teórico”, conferir a lista de materiais das experiências em “Material” dentre outras formas de aprendizado.

.

.

.

Final da apresentação - Mensagens de otimismo

Final da apresentação - Mensagens de otimismo

A reação da platéia surpreendeu os criadores e produtores do projeto após uma belíssima apresentação do professor Cassiano que encerrou com grande mensagem de otimismo aos jovens e professores presentes, tendo sido aplaudido de pé.

.

.

Dra Maria Taís de Melo - 3a CIENPO

Dra Maria Taís de Melo - 3a CIENPO

Dra Maria Taís de Melo proferiu uma palestra com o tema “Mídia e Conhecimento na Sala de Aula” alertando para o fato que as mídias são meios, não o fim. Portanto o professor e o aluno precisam estar atentos para seus deveres para com a educação. Assista o compacto da palestra abaixo.

.

.

.

Mesa Redonda Tranformando informação em Conhecimento 12/11/2010-3ª CIENPO

Mesa Redonda Tranformando informação em Conhecimento 12/11/2010-3ª CIENPO

Mediada pelo professor Jerônimo Freire, a mesa redonda com participação do Dr. Arnon Mascarenhas e Maria Taís de Melo, tirou dúvidas, incentivou alunos a seguirem em frente partindo de suas próprias experiências de sucesso.

 .
 
.
 
.
_
          O mais popular portal de vídeos do planeta vem montando uma trajetória em busca de manter a leveza dos primeiros formatos e novas opções de qualidade. Em 2009 o Youtube permitia condições de qualidade básica, básica e HQ (High Quality),  básica e  HD (High Definition). Hoje é possível assistir em até 6 opções de resolução, 280p, 360p, 480p, 720p, 1080p e Original que não é definida mas testes comprovam a resolução 4K. Tudo vai depender de sua produção e pós-produção dos vídeos.
          Confira nesse vídeo as diferenças entre um video do formato anterior, 4:3 DVD, e do formato HD atual no Youtube. Não esqueça de mudar de 360p para 720p ou 1080p.
          Para muitas empresas essa é uma oportunidade de observar a necessidade de atualizar seus vídeos institucionais.
          Hoje a fase de transição está avançando e agora estamos em outra etapa, além das diferenças sobre SD e HD, assim como aconteceu com as SDs, teremos a partir de agora as diferenças entre HDs e HDs pois agora a briga se concentra nas lentes objetivas, sensores (tipo, resolução e tamanho), formatos de gravação e por fim, formatos de mídia.
Curioso é que as diferenças voltam a ser grandes quando comparadas HDs e HDs.

          Este vídeo alcançou várias indicações de menções honrosas do Youtube :
Menções honrosas para este vídeo (5)
#20 – Mais comentados (Hoje) – Ciência e tecnologia
#71 – Mais comentados (esta semana) – Ciência e tecnologia
#47 – Mais vistos (Hoje) – Ciência e tecnologia
#20 – Melhor avaliados (Hoje) – Ciência e tecnologia
#78 – Melhor avaliados (esta semana) – Ciência e tecnologia

          SD x HD – Antes x Depois:
Versão atual 1080p:
Versão antiga (quando não exisitia 1080p)
 
           Este vídeo fez parte do Youtube High Definition Group  (hoje extintos – o YT não tem mais grupos)  onde você encontrava diversos exemplos e experiências buscando alta qualidade no Youtube ao longo dos anos:
 
         A segunda edição da oficina Câmeras e Mídias foi realizada em Natal no projeto Goiamum Audiovisual 2008.
         Com a enorme quantidade de propostas tecnológicas para a alta definição digital, tanto na produção, edição, finalização e exibição, o que se discute é quais são essas propostas, como funcionam, o que oferecem esses equipamentos, quais os custos envolvidos, os problemas e soluções para esta fase de transição para HD.
         Os alunos conheceram tipos de câmeras, formatos de gravação e compressão (HDV, AVCHD, DVCPRO HD, HDCAM), formatos de mídia (Fitas, Cartões, Discos, HDDs…) 
         Foram 5 dias de oficina onde além de conhecer as inúmeras possibilidades de produção áudio-visual, muitos mitos e verdades foram esclarecidos através de demonstrações e vídeos feitos em vários tipos de câmeras em alta definição.
        Questões relativas ao monitoramento, exibição e publicação de vídeos HD na internet também fizeram parte das discussões.

        Os alunos receberam material didático impresso com todo conteúdo dado em aula além de terem acesso direto ao fórum de discussão na internet ( http://www.grupos.com.br/grupos/camerasemidias )
 onde poderão continuar trocando informações com todo o grupo mesmo após a oficina.
        Apesar da época do ano mais difícil para profissionais de video e cinema, dado o volume de compromissos, a participação foi efetiva e com grande esforço participaram ativamente durante toda a oficina.
        Aconteceu no Auditório do Museu de Cultura Popular (antiga rodoviária velha), Ribeira, de 1 a 5 de dezembro, no horário das 9 às 12hs ( que na verdade muitas vezes se esticaram até mais de 13:00hs).
 

 

Clipe da oficina – Youtube:
 
Clipe da oficina em HD (Alta definição):
http://www.vimeo.com/2445042
 
Vídeo testes e comentários:
 
 
Mais sobre o evento:
Prefeitura
 
Inscrições Oficinas – Tribuna
 
Inscrições – Jornal de Hoje
 
Inscrições – No Minuto.Com
 
Abertura oficial – Tribuna
http://tribunadonorte.com.br/92388.html
 
 
 
      O Youtube dá um importante passo na evolução da qualidade de seus vídeos.
      A partir de março o Youtube possibilitou o envio de vídeos que agora podem ser codificados com as qualidades baixa e alta.
      A qualidade não é HD, a resolução ainda é bem mais baixa, no entanto, mesmo assim, a mudança de qualidade final salta os olhos e ouvidos.
      Evidentemente que a exigência por banda larga aumenta, mas vale a pena dar pausa e esperar.
      A seleção de qualidade não é mais feita por um botãozinho com ícone de TV, ficava abaixo e à direita do player. A azul indicava alta qualidade (HQ) e a TVzinha com borda laranja era baixa.
      Ao abrir a página com o vídeo que estiver em HQ, aparece embaixo a opção "assistir em alta qualidade" (watch in high quality), clique nele pra conferir.
      Poucos vídeos entram em modo HQ, de forma que muitos vídeos que voce encontrar não aparecem a opção para alta qualidade. Isso se deve a não ter sido produzido profissionalmente, do ponto de vista técnico (equipamentos, edição, conversão multimidia). Evidentemente que se o vídeo for amador, de celular ou máquina fotográfica de nada adiantará edição profissional, o máximo que irá acontecer é ficar mais pesado.
      Um detalhe é que para assistir em alta qualidade somente pela página do youtube, os players incorporados não tem como selecionar até o momento.
 

youtubehq0103p2 

À esquerda qualidade básica, à direita High Quality
(Devido a conversão do blog a qualidade dessa imagem está mais baixa)
 
          Este vídeo chegou a 9ª colocação em 3 Menções Honrosas do Youtube, altíssima audiência (quase mil em 1 mês) considerando que não possui os apelos que conhecemos, avaliação 5 estrelas, Obrigado pelo apoio de todos.
 
Vídeo SD em HQ:
 
          Este vídeo, também na lista de menções honrosas atualmente, questiona se o Brasil é um país pacífico. Foi produzido em definição standard SD e está no Youtube em HQ.
 
 
Italo Valerio
          Toshiba, a principal fabricante e defensora do padrão HD-DVD suspendeu a produção de equipamentos esta semana, dando lugar a seguidoras da Sony e seu sistema de discos óticos Blu-ray. A decisão da Toshiba fez suas ações subirem devido a decisão correta em não insistir e causar prejuízos futuros.
           Evidente que a decisão do mercado não ficou somente preso a questão tecnológica pois ambos tem suas vantagens e desvantagens, mas a entrada da Warner adotando o Blu-Ray foi decisão de pêso também.
          Acreditei que realmente o Blu-ray iria se sobresair em algum momento devido a sua capacidade de espaço maior, 25 GB no disco de face simples e 50 GB no duplo. Tamanho de mídia é um dos requisitos que com certeza sempre existirá, cada vez mais necessidade de espaço para armazenar arquivos cada vez maiores.
 
 
 
                O player da Microsoft versão 11 não exibe a resolução total de vídeos WMV-HD com capa padrão (preta), mesmo acionando tela cheia.
                É possível perceber isso com monitores de resolução de 1680×1050, por exemplo, onde um video de 1440 ou 1280 pixels deveria ocupar maior parte da tela, no entanto ficam do tamanho de video DVD.
                O resultado é bem prejudicial para se notar a resolução e nitidez dos vídeos HD.
                Solução:  Mude a capa para CORPORATIVA clicando em SELETOR DE CAPAS – CORPORATIVA – APLICAR CAPA.
 
Alguns vídeos WMV-HD para testar:
http://italovalerio.blip.tv (baixar os arquivos WMV)
 
Italo Valerio
              Quem pôde estar à frente de um aparelho de TV HD e receber os primeiros sinais da nova tecnologia deve ter se sentido como quem viu, a algumas décadas, as primeiras imagens em cores.
              Do ponto de vista do telespectador, a primeira e principal observação, sem dúvida é a nitidez. Mas isso é mais notado por pessoas fanáticas por tecnologia de imagem, fotografia, olhos treinados que observam as curvas, as nuances, o contorno e texturas não reproduzidas pelo sistema analógico de transmissão ou reproduzidas por um DVD.
              Uma pessoa me exclamou " mas eu não vi diferença nenhuma, vc viu? ". Dá pra tirar daí que há um bom caminho pela frente até que possa-se entender o processo que leva a HDTV  (High Definition TV).
              Como toda tecnologia que inicia, estamos na fase de encantamento, fase em que vemos todas as vantagens mas sem a experiência prática do dia a dia.
              Então o que muda?. Vamos começar resumindo com uma palavra: "TUDO". Como mudar de moto para carro, nada da moto serve para o carro. Nem o motoqueiro se não souber dirigir  .
              Antes de começar, vamos conferir algumas características importantes para que voce não se enrole na sopa de letras da tecnologia digital como um todo.
 
* A qualidade Standard, a que usamos hoje, é conhecida como 480. Padrão do DVD.
* A qualidade HDTV se divide basicamente em duas: 720 e 1080.O 720 tem menos qualidade e ocupa menos espaço, o 1080 tem mais qualidade mas ocupa mais espaço de memória.
* O padrão 720, pra que apareça completa na tela, precisará de um sistema que tenha chips não só compatíveis como sejam capazes de passar tudo sem perder nenhum pixel, nem fazer conversões internas, e que mandem a resolução de 1280×720 pixels para a tela.
* Da mesma forma, o padrão 1080 exige ainda mais tecnologia, capacidade para trabalhar com 1920×1080 pixels para a tela.
 
              Agora está fácil, pra ter HDTV de verdade eu preciso de: Emissoras fazendo e transmitindo programas em HD 1080, um aparelho de TV HDTV 1080 (chamadas de Full HD) com sintonizador digital já dentro ou com o set top box (caixinha do lado de fora) ligado na antena que precisa ser do tipo UHF. Jóia!…
              … Nem tanto, o perigo mora ao lado. Buscando baixos custos, alguns set top boxes são conversores de HDTV para SD 480, ou seja, a imagem vai ficar do mesmo jeito, deve melhorar algo, mas não será HDTV de fato. Ele "entende HDTV (coisa que seu tv antigo não entenderá) e passa para o jeito que seu tv entende que é o atual sistema analógico.
              Uma dúvida de um internauta, "Como assistir TV digital com placa de captura". Resp: As atuais placas de captura de tv são feitas para assistir TV analógica e não possui circuitos que permitam conversão. Para captar TV digital somente uma placa de TV para TV digital. Existem modelos USB de baixo custo, no entanto o sinal é de qualidade para celular, ou seja, a imagem no seu monitor não será de alta definição. É esperar para ver o lançamento de novos dispositivos.
              Caso a caso, vamos ver o que precisa e as atenções necessárias para que voce tenha HDTV.
 
              Atenção antes de decidir o investimento.
              Mesmo para quem já possui o sinal HDTV no ar, o desepero em trocar tudo pode ser adiado de acordo com suas possibilidades, sem necessitar inverter ordens de prioridades na familia. A previsão é que teremos mais 8 anos o sinal analógico no ar.
              Também 8 anos, digo até bem menos que isso, talvez 2 ou 1, a indústria irá apresentar aparelhos muito mais sofisticados, resolvendo as atuais limitaçoes das TVs LCD (constraste, tempo de resposta, luminosidade) e plasma (resolução, desgaste) atuais e que sabe a chegada de aparelhos do tipo OEL (Organic Electroluminescence – Eletroluminescência Orgânica) também chamada de OLED (acham pouco e ainda inventam sinônimos) que reúne as melhores características das duas atuais e até supera.
 
                 TV LCD não é sinônimo de HDTV.
              Alguns aparelhos de TV LCD nas lojas, são apenas TVs comuns com tela LCD, especialmente as de 19, 20, 22 polegadas que parecem retangulares mas no centro há uma tela quadrada, preste atenção, a menos que de fato queira um TV LCD sem pretensão de assistir HDTV.
              As wide de 26" acima, em sua maioria até são compatíveis com sinal HD, através de suas entradas Componente e HDMI, quer dizer, não sintonizam, ou melhor, não basta colocar a antena pra assistir alta definição. Voce precisa comprar a tal da caixinha (Set Top Box).
              Revisando o citado anteriormente, a plena capacidade HDTV é alcançada com telas LCD ou plasma que possuam 1920×1080 pixels, ou seja, 2 milhões de pontinhos aproximadamente. A maioria hoje possui LCD: 1366×768 e Plasma: 852×480 podendo ser encontrada com 1024×768 pixels.
 

                 Pra quem não quer esperar
              Avaliando as demonstrações de TVs disponíveis agora, especialmente para fora do eixo RJ/SP que o sinal HDTV demorará um pouco mais, e, gosta de imagens definidas até nos canais de TV, uma das que recomendo são as LCDs Gradiente. Porque?, esses TVs digitais funcionam, praticamente, como computadores com placas de captura que jogam no monitor as imagens. Nem todos os TVs possuem uma boa "captura" que resulta em imagens extremamente borradas, apanhando feio para TVs de tubo com boa resolução (Wega por ex.). A Gradiente via antena com boa captação consegue reproduzir com boa clareza detalhes dos rostos dos personagens, texturas das roupas e coisas assim. Com base nessa característica, a priori eu colocaria em ordem de escolha : Gradiente, LG e modelos recentes Samsung. A Samsung antes dessa variante lançada, tinha problemas sérios de qualidade de imagem por canal de TV.
              Com certeza não demora muito a sairem os TVs com sintonia interna HDTV (sem precisar de caixinha), quem quiser economizar vai encontrar com baixos preços os TVs de agora.
               O tipo Plasma é indicado para ambientes muito iluminados, caso de restaurantes por exemplo. Aí, a LG manda bem com os modelos com XD. Quando colocado sinal HD impressiona e faz-se pensar ser LCD pela resolução que apresenta. Lembrando que plasma consome mais energia.
                  Lógico que quem está bem neste final de ano, vai de Full HD, e aí nem cabe mais tantos comentários, tamanhos acima de 40" resolução de babar, nem sempre com canal analógico mas com características técnicas coerentes com esse nível de equipamento.
 
                Para o futuro – Manutenção

             Ao contrário dos TVs de tubo, que queimava tudo menos ele, o tubo, os TVs LCDs, Plasma e o que vier, terão a tela como principal fonte de problemas. Pixels que apagam ou ficam acesos direto, e em alguns casos, tarjas inteiras. A frase "se passar a mão apanha !" vai ser estendida para crianças, donas de casa e secretárias do lar pois a tela chega a custar mais que o aparelho todo. Bem ao contrário de um 29" de tubo, de uma tia, que virou por cima da quina da cama, com estante e tudo e só trincou um pouquinho o plastico, imperceptível, um LCD na mesma situação poderia causar sérios danos a quem estivesse próximo. Confuso
 
              … (continua…)
 
Italo Valerio